Nuvem híbrida: a tecnologia chave para o setor financeiro

O setor financeiro é um dos mais beneficiados quando a gente fala sobre armazenamento em nuvem híbrida. Veja neste artigo porque é a maneira ideal para você armazenar seus dados com segurança, flexibilidade e agilidade.
banner do artigo

Precisa de inovação e transformação digital para o seu negócio?

Encontre os melhores especialistas aqui na SIS Innov & Tech!

Fale com a Nossa Equipe

A transformação digital impactou inúmeros setores. Mas um dos mais afetados, sem dúvidas, foi o setor financeiro.  Empresas de tecnologia ofertam as mais diferentes soluções de inovação para que essa área construa o relacionamento com seus clientes com, cada vez mais, segurança, agilidade e facilidade e se renovam diariamente, com novas oportunidades, ferramentas e plataformas.

De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), o número de usuários de pagamentos digitais na América Latina ultrapassou 300 milhões de dólares. Além disso, o volume deste tipo de transação cresceu de 89 bilhões de dólares para 215 bilhões em 2021. Mas como dar conta de todos esses dados, já que esse número só cresce? Qual é a forma correta de armazenar essas informações, garantindo a segurança e a organização delas?

Com a quantidade imensa de dados que precisam ser armazenadas, a alta rotatividade de clientes, a transformação contínua de informações, os ataques que colocam a segurança e a integridade das empresas em risco e a necessidade de oferecer serviços mais ágeis, personalizados e específicos, a forma como cuidamos de nossos dados é um assunto cada vez mais relevante. Foi aí que surgiu o armazenamento em nuvem.

Este tipo de armazenamento é dividido em 4 tipos: Nuvem Pública, Nuvem Privada, Nuvem Compartilhada e Nuvem Híbrida, que é o foco deste artigo.

Nuvem Híbrida

O armazenamento em nuvem híbrida é aquele que a infraestrutura é sustentada em conjunto pelos provedores internos e externos. Os dois sistemas se complementam com ferramentas que permitem que o usuário compartilhe recursos e arquivos com o centro de processamento de dados privado do cliente.

Esse modelo é a mistura da nuvem pública com a privada e oferece flexibilidade, agilidade e economia e permite, por exemplo, que a empresa execute o programa na nuvem privada e aproveite todos os recursos disponíveis na nuvem pública.

As empresas utilizam nuvens híbridas de diversas maneiras para impulsionar a evolução digital e aumentar a competitividade. Elas aproveitam a flexibilidade e a eficiência da nuvem pública, juntamente com o controle e a segurança de uma infraestrutura privada. As nuvens híbridas são ideais para organizações que desejam manter alguns dados sensíveis em um ambiente privado, ao mesmo tempo em que aproveitam os recursos de computação escaláveis da nuvem pública para outras tarefas.

Alguns exemplos de como as nuvens híbridas podem ajudar em seus negócios: 

Time to Market: a nuvem híbrida pode acelerar o desenvolvimento de produtos, mantendo a empresa competitiva no mercado.

Conformidade Regulatória: algumas organizações usam nuvens híbridas para cumprir regulamentações de proteção de dados, enquanto expandem o poder de computação.

Flexibilidade e Portabilidade: facilita a migração de aplicações e dados, proporcionando flexibilidade e portabilidade para aplicativos críticos.

Você pode gostar:

O armazenamento em nuvem oferece economia, facilidade e organização. Conheça esse recurso! 

imagem do autor

Por: Equipe SIS

9 de April de 2024
Leia mais
capa do artigo

A Nuvem Híbrida e o setor financeiro

Nos últimos anos, os bancos vêm passando por uma transformação dos modelos de negócios. Os serviços financeiros facilitam a vida de diversos ecossistemas como varejo, entretenimento, saúde, lazer, indústria e muitos outros. E com a mudança da forma como essas áreas atuam, o setor financeiro também precisa se adaptar.

O setor financeiro pode se beneficiar enormemente da utilização de nuvens híbridas, especialmente devido à sua necessidade de conformidade regulatória, segurança de dados e capacidade de inovação.

Alguns exemplos:

Conformidade Facilitada: o setor financeiro é altamente regulamentado, e as nuvens híbridas ajudam a transformar as exigências regulatórias em vantagens competitivas. Elas permitem que as organizações verifiquem seus mecanismos de conformidade internos e externos.

Impulso à Inovação: as nuvens híbridas oferecem ambientes que permitem escalar operações rapidamente e de forma ágil, facilitando a modernização das cargas de trabalho e a integração com tecnologias transformadoras como inteligência artificial.

Proteção de Investimentos: as nuvens híbridas permitem que as instituições financeiras protejam seus investimentos existentes enquanto fornecem uma base sólida para a modernização e escalabilidade necessária para responder às demandas dos clientes e às mudanças do mercado.

Autonomia e Inovação: a infraestrutura de nuvem híbrida promove o uso de um amplo conjunto de tecnologias On-premise e das nuvens públicas, permitindo que as equipes entreguem uma experiência ao cliente aprimorada.

Flexibilidade: capacidade de usar recursos de nuvem pública para lidar com picos de demanda.

Custo: redução de custos ao evitar a necessidade de investir em hardware adicional.

Segurança: manutenção de dados sensíveis em uma nuvem privada, enquanto se utiliza a nuvem pública para menos tarefas regulamentadas.

Você pode gostar:

Análise de dados no setor financeiro

imagem do autor

Por: Equipe SIS

9 de April de 2024
Leia mais
capa do artigo

Conte com a gente para armazenar dados na nuvem híbrida!

A implantação de nuvens híbridas no setor financeiro é um processo que requer planejamento estratégico e consideração de vários fatores, incluindo segurança, conformidade regulatória e integração de sistemas.

Algumas das etapas e considerações para a implantação de nuvens híbridas em empresas do setor financeiro são:

Avaliação de Necessidades: entender as necessidades específicas da empresa, incluindo requisitos de segurança, conformidade e operações de negócios.

Planejamento Estratégico: desenvolver um plano que detalhe a arquitetura da nuvem híbrida, incluindo quais cargas de trabalho serão movidas para a nuvem pública e quais permanecerão no ambiente privado.

Provedores: selecionar provedores de nuvem pública e soluções para a nuvem privada que atendam aos requisitos de segurança e conformidade do setor financeiro.

Segurança: garantir que todas as soluções de nuvem implementadas estejam em conformidade com as regulamentações de segurança do setor financeiro.

Integração: integrar sistemas existentes com a nova infraestrutura de nuvem híbrida, garantindo a transição e operações contínuas.

Gerenciamento: utilizar ferramentas e tecnologias para o gerenciamento unificado, orquestração, integração e portabilidade das cargas de trabalho.

Testes e Validação: realizar testes rigorosos para validar a segurança, desempenho e conformidade da infraestrutura de nuvem híbrida.

Treinamento/Suporte: fornecer treinamento adequado para a equipe de TI e garantir suporte contínuo para resolver quaisquer problemas que possam surgir.

Uma implementação bem-sucedida de uma nuvem híbrida no setor financeiro pode resultar em maior flexibilidade, eficiência operacional e capacidade de inovação, ao mesmo tempo em que mantém a segurança e a conformidade dos dados sensíveis. 

Fale com a gente! Nossa expertise de mais de 20 anos em inteligência tecnológica faz da gente o parceiro ideal para alavancar os seus negócios!

Quer armazenar dados na nuvem híbrida?
Fale com a Nossa Equipe
Article Author profile

Autor:

Equipe SIS

Um time apaixonado por novidades e tecnologia!

Conteúdos Relacionados
imagem artigo
Conheça a Joint Venture entre a SIS e a Coach IT!
authorPor: Time SIS
A partir de agora, nossos especialistas estão prontos para implantar a SAP em sua empresa. Impulsione os seus negócios com a joint venture entre a SIS e a Coach IT. Confira!
leia mais

Como utilizar o chatbot da melhor maneira
leia mais

Como a experiência digital do cliente impacta os seus resultados
leia mais

Web3: Quais os Efeitos da Nova Onda
leia mais