Cloud Computing: o que é?

Cloud Computing é o recurso que permite o acesso remoto de dados e arquivos por meio da internet, de qualquer lugar. Conheça sobre essa tecnologia que chegou para facilitar processos.
banner do artigo

Precisa de inovação e transformação digital para o seu negócio?

Encontre os melhores especialistas aqui na SIS Innov & Tech!

Fale com a Nossa Equipe

Utilizar a tecnologia a favor das empresas pode trazer muitos benefícios como organização, armazenamento de dados sem ocupar espaço, gestão aprimorada, agilidade nos processos e experiências mais assertivas para os colaboradores e para os clientes.  

Uma dessas tecnologias que chegou para facilitar e ganhou força com a popularização do trabalho remoto foi o Cloud Computing. Mas o que é isso?  

De uma forma simples, Cloud Computing, ou computação na nuvem, é uma tecnologia que possibilita o acesso remoto a softwares, armazenamento de arquivos e processamento de dados simplesmente por meio do acesso à internet. É uma maneira de acessar os dados importantes de qualquer computador, estando em qualquer lugar.  

O termo “nuvem” ganhou bastante força no mundo da tecnologia. Temos a sensação que tudo acontece na nuvem. Não é para menos, visto os excelentes resultados que ela nos proporciona.  

Se você quer saber mais sobre essa tecnologia e como ela pode ser útil para a sua empresa, continue lendo esse artigo.  

O que é Cloud Computing  

Três exemplos muito claros de uso de cloud computing: Netflix, Spotify e Google Docs. Todos eles são serviços online que não exigem download, nem instalação de programa em seu computador. Basta ter um navegador e uma boa conexão de internet para usá-los.

Para que serve o Cloud Computing 

Analisando o histórico do modelo tradicional de armazenamento de informações, onde era necessário investir tempo e dinheiro em downloads, conseguimos entender por que o Cloud Computing é tão revolucionário.  

A opção por serviço de nuvem permite:  

  • Redução de custos com infraestrutura: já que elimina os gastos com software, hardware, instalação e manutenção
  • Economia de espaço: os recursos são armazenados de forma online, ou seja, não ocupam espaço físico
  • Informações centralizadas: todos os dados, acessos e formulários são armazenados em um único lugar, agilizando processos e diminuindo o risco de perda de informações importantes
  • Armazenamento adaptável: é possível adaptar a quantidade de armazenamento disponível para mais ou para menos, de acordo com a necessidades do cliente
  • Trabalho remoto: colaboradores das empresas podem acessar todos os dados disponíveis, em qualquer dispositivo, desde que estejam conectados à internet
  • Segurança: é possível controlar quem acessa a nuvem da empresa, evitando que informações se percam ou vazem.

Você pode gostar:

Motivos para aderir a Transformação Digital

imagem do autor

Por: Equipe SIS

12 de July de 2024
Leia mais
capa do artigo

Como funciona o Cloud Computing?  

Cloud computing usa um servidor remoto para conectar dispositivos aos recursos. Esse servidor armazena todos os dados e programas e estará disponível para acesso em qualquer lugar do mundo. Ou seja, você pode consultar as informações online, independente da distância.  

São três tipos de Cloud Computing: público, privado e híbrido. A decisão é baseada em fatores como custo, disponibilidade, desempenho e armazenamento. Confira como cada uma das nuvens funciona:  

Nuvem pública:  

São servidores e armazenamentos fornecidos por terceiros e disponíveis para qualquer pessoa ou empresa que deseja contratá-los.  

Nesse formato, o cliente é responsável pelo que será enviado para nuvem. O provedor de nuvem está preocupado com a manutenção, segurança e o gerenciamento de arquivos.  

Quando se trata da nuvem pública, as informações estão disponíveis na web e são compartilhados entre vários usuários que o utilizam simultaneamente, mas de forma separada.  

Esse é o modelo mais econômico e é indicada para empresas que desejam baratear o investimento.  

Nuvem privada:  

Neste formato, a infraestrutura da nuvem está sob domínio interno da empresa e o acesso é restrito a usuários selecionados. 

A nuvem privada possibilita que a empresa personalize as funções e o suporte de acordo com suas necessidades. Como é uma nuvem desenvolvida exclusivamente para a empresa, todos os processos são pensados de acordo com o que o seu negócio precisa.  

Essa é a maneira mais segura de proteger informações e dados que necessitam de privacidade.  

Nuvem híbrida 

A nuvem híbrida une os dois formatos anteriores: é possível compartilhar dados entre os dois tipos de nuvens citados.  

Com base na estratégia do seu negócio, é possível utilizar recursos de forma privada e outros de forma pública. 

Você pode gostar:

5 Tendências de tecnologia

imagem do autor

Por: Equipe SIS

12 de July de 2024
Leia mais
capa do artigo

Quais os tipos de serviço que o Cloud Computing oferece?  

O armazenamento em nuvem oferece uma grande variedade de serviços, ferramentas e funcionalidades disponíveis para atender as necessidades das empresas. Esses três modelos se destacam:  

SaaS (Software como serviço)  

O SaaS possibilita que o usuário acesse o software sem a necessidade de comprar uma licença, usando-o gratuitamente na nuvem, porém com recursos limitados.  

Há também planos que oferecem outros recursos a parte, mas é necessário pagar ou assistir alguns anúncios disponíveis.  

Nesse formato, a empresa acessa o software pela internet e não precisa se preocupar com instalação, configuração ou licenças.  

SaaS é utilizado por muitos CRMs e ERPs, serviços de e-mail, por exemplo, e outros aplicativos públicos, como Skype, WhatsApp, Linkedin e Facebook funcionam dessa maneira e sua popularidade vem daí.  

PaaS (Plataforma como serviço)  

No modelo PaaS, é contratado um ambiente completo on demand. Dessa maneira, é possível criar, modificar e otimizar softwares e aplicativos.  

Esse formato possui benefícios como sistemas operacionais, ferramentas de desenvolvimento, sistemas de gerenciamento de banco de dados, serviços de Business Intelligence, entre outros recursos. Além disso, oferece toda infraestrutura necessária para adaptar softwares e aplicativos da maneira que a empresa deseja.  

IaaS (Infraestrutura como serviço)  

No formato IaaS, os recursos de infraestrutura são alugados, routers, racks, datacenters, hardware e outras ferramentas que permitem a transmissão e o armazenamento de dados.  

Dependendo da escolha de provedor que é feita, pode ser que a empresa seja cobrada pelo número de servidores usados e pela quantidade de dados armazenados ou trafegados.  

No IaaS, a utilização vem de acordo com a necessidade da empresa, é pago somente o que é utilizado e essa é a vantagem desse modelo. Em um mês, você pode utilizar mais, enquanto em outro mês, pode utilizar menos e o pagamento é proporcional.  

Assim, é possível aumentá-lo, diminui-lo ou cancelá-lo quando necessitar.  

Cloud Computing para o seu negócio 

Antes de pensar qual é o melhor modelo para o seu negócio, reflita quais são as necessidades e prioridades da sua empresa, pois a partir daí você vai conseguir definir qual é o serviço que mais se adequa ao seu desejo.  

Analise seu orçamento, recursos e funcionalidades que você precisa e deseja e leve essa tecnologia para o seu negócio.  

Saiba mais sobre Cloud Computing!
Fale com a Nossa Equipe
Article Author profile

Autor:

Equipe SIS

Um time apaixonado por novidades e tecnologia!

Conteúdos Relacionados
imagem artigo
3 ferramentas de agilidade que todo líder deve conhecer
authorPor: Time SIS
Adotar práticas de agilidade impacta diretamente nos resultados da sua empresa. Neste artigo, trouxemos 3 ferramentas de metodologias ágeis para você implantar com seu time.
leia mais

O Febraban Tech 2024 vem aí!
leia mais

O uso da nuvem pelas empresas brasileiras
leia mais

Como os Chatbots estão usando IA para aumentar as conversões
leia mais
whatsapp